segunda-feira, 6 de maio de 2013

Entrevista e dicas especiais com Lena Maia.

O post de hoje é para lá de especial. Temos o imenso prazer e alegria de apresentá-los (as) uma pessoa que, além de muito querida e talentosa, é umas das referências com carimbos Magnólia no Brasil. Com vocês Lena Maia.





Nome e Cidade Natal:
Laurene Maia Leite, mas todo mundo me conhece por Lena. Lena Maia.
Moro em São Luís-MA.

Blogs que participa:
Como DT, dos blogs: Boutique Magnolia, Dutch Dare Challenge, Grupo Magnolia Mania além de alguns grupos internacionais do Yahoo.Também participo dos fóruns de scrap Creative Scrappers e Yummys, mas destes tenho estado afastada recentemente exclusivamente por acúmulo de trabalho.

Conte-nos um pouco sobre você:

Como você descobriu os carimbos Magnolia? Virou hobby assim que você os conheceu?
Descobri os carimbos Magnolia através de uma amiga fora do país, chamada Thereza. Inicialmente, me encantaram os carimbos Hanglar & Stanglar. Um dia, conversando com essa amiga, ela me falou sobre uma linha de carimbos suecos que vinha fazendo muito sucesso na Europa. Eram as Maggies. Paixão à primeira vista. Mas àquela época, em 2000, as Magnolias não chegavam ao Brasil. Só eram encontradas no E-Bay europeu. Tempos depois, pesquisando na Internet, conheci os blogs de Debbie Yates, Bev Rochester, Illa e Kim Pigott. E com elas, técnicas e também a informação de que havia uma brasileira no grupo das designers da Magnolia – a nossa Lucy Folch. Na época, no Brasil, somente Carol Assad vendia Magnolias no Brasil. E foi através dela que comecei minha coleção. Nunca esqueço as duas primeiras delas: Barefoot Tilda e Alva with flower. A partir daí, uma paixão enorme por essas lindas bonequinhas, que, para mim, são anjos. Hoje são mais de 250, entre Tildas, uns poucos Edwin, sentimentos e backgrounds.

E antes dos carimbos Magnolias, qual tipo de artesanato você fazia?
Antes disso, minhas experiências com artesanato eram ligadas aos cartões em papel vegetal e punch art. Foram os furadores que inicialmente me chamaram atenção para as possibilidades de trabalhar com papel. Até que descobri o scrap, através de uma amiga do trabalho, que conhecera em Brasília aquela nova moda. Lendo sobre scrap, dei com os fóruns Scrapdiary e Scrapworks. Anos depois, junto com uma amiga, criei o fórum Creative Scrappers, que até hoje está em atividade, produzindo muita coisa bacana. Nos fóruns, muita gente boa me inspirou na paixão por carimbos: Monica Colocci e Alice Fares foram as principais musas nesse campo. Costumo dizer que essa busca me rendeu grandes amizades e um aprendizado imenso, sobre papel e arte, e sobre o ser humano e sua capacidade criativa.

Quais suas preferências e estilos ao criar?
Meu estilo é romântico por excelência. Adoro cores pastel, mas não dispenso combinações com marrom, vermelho, verde e cores terrosas. Adoro usar papel craft. Em se tratando de estilo, não gosto muito de rotular, porque cada tendência tem sempre algo a acrescentar. Mas me encantam os estilos shabby, o vintage, clean & simple. O bom nessa busca de estilo é sempre estar atento e disposto a aprender. Adoro trabalhar com formatos diferentes e inusitados.

Além dos produtos da marca, qual material não pode faltar nos seus trabalhos?
Hoje, além de Magnolias, em meus trabalhos não faltam: facas de corte – e com a variedade no mercado, difícil é manter-se longe das compras... Também adoro trabalhar com renda, flores e enfeites que eu mesma possa produzir. 

De onde vem a sua inspiração?
Tem dias que a inspiração aparece sem que se busque. Quando ela não aparece, pense que inspiração vem sempre da observação e da disciplina. Tenho um caderninho de ideias que me acompanha onde anoto e desenho qualquer coisa que possa servir de inspiração. No computador também mantenho pastas organizadas por temas com trabalhos que considero inspiradores. Esse acervo pode ajudar como ponto de partida, nunca como um fim.

Sua sugestão para quem está iniciando no mundo das Maggies?
Pra quem, como eu não resistiu às Maggies, sugiro: ler, observar o que as designers fazem, participar dos desafios e desafiar-se sempre, criando obstáculos à sua criatividade. Já na aquisição de materiais, minha sugestão é observar nas coleções: os carimbos mais diferentes e aqueles que podem servir para diversas ocasiões e para os trabalhos mais diversificados; depois de montar uma pequena base de carimbos, invista na pintura. Eu prefiro usar Copics. Então, depois de um tempo, diminuí a compra de carimbos para investir em Copic, a partir de uma lista básica. Agora estou investindo em refils. Meu desafio neste momento é aprimorar minha pintura e testar novas formas de colorir. Estou me aventurando com Distress Ink, mas ainda não consegui bons resultados. 

Uma dica(s) sua de artesanato:
Na faculdade de jornalismo aprendi algo que se tornou uma regra de vida. Imitar não é copiar. Se você não sabe de onde partir, observe, tente até imitar [liftar, em scrap]. Nunca queira copiar. Imite, acrescentando algo seu, que tenha a sua marca. Além disso, procure avaliar-se sempre, criticamente. E nunca ache que você já sabe tudo. Tem sempre algo a aprender. Procure PAP’s, tutoriais, desafie-se a fazê-los. Outra coisa que busco fazer: nunca pinto o carimbo antes de escolher o papel. Primeiro escolho a base de papéis e enfeites, o formato do cartão e só depois parto para escolher carimbo e cores de pintura. No mais: pesquisa e leitura sempre ajudam. 

Voce poderia citar duas referëncias nacionais e internacionais de que você é fã?
Em termos de scrap, sou fã incondicional de Ro Philippsen, Ana Paula Leal e Lu Minotti.
Entre as meninas que trabalham com Maggies aqui no Brasil, adoro os trabalhos da Luzinha, da Soraya Bervian [amo o jogo de sombreado que a Soraya usa], Taty Vanessa [adoro os cabelos da Taty], da Nádia Silva [namoro as bases em branco que ela usa nos cartões] e Babi Kind [as cores quentes que ela usa são adoráveis].
No plano internacional, as DT’s da Magnolia Internacional são maravilhosas. Rendo-me a todas elas, especialmente Kylie Kurten, Zoe, Claudia Rosa, Janiel, Louise, Kim Piggot, Debbie Dolphin,Sylvie, Lilemor e Camila B. Recentemente, passei a acompanhar com mais atenção os trabalhos da Tereza Alday, da Michelle Cassel e da Yanitza. 



 Meninas, além de seus cartões e trabalhos maravilhosos, a Lena Maia faz pesquisas e investiga blogs relacionados ao universo das Maggies. Uma das suas mais recentes pesquisas, divulgada em primeira mão aqui no ACC, foi de catalogar todos os blogs  de desafios com Magnolias. Esse diretório vai ajudá-las a conhecer os mais variados blogs de desafios e a comunidade Magnolia no Brasil e no mundo.  


DIRETÓRIO DE BLOGS DE DESAFIOS COM MAGNOLIAS BY LENA MAIA.

DESAFIOS NACIONAIS

1.      Grupo Magnolia Mania [Facebook]. Mensal. 2.      Boutique Magnolia. Desafio Mensal [sempre na última quarta-feira]. Tutorial. Toda quarta-feira. Link: http://boutiquemagnolia.blogspot.com.br/ 
3.      Mad About Magnolia (MAM). Mensal. Todo 1º domingo do mês

DESAFIOS PELO MUNDO

Magnolia-licious e Wes Stamps Challenge: Toda segunda e quarta terça-feira do mês e mais 06 Blog Hops no ano.
Magnolia Down Under Challenge (MDUC).  Semanal. Todo domingo.
Marveolus Magnolia Challenge (MMC). Semanal. Toda quinta-feira. Desafio dividido em três categorias: Iniciante, Intermediário e Avançado.
The Ribbon Girl Magnolia Only. Mensal.
Dutch Magnolia Lovers. Quinzenal. Sempre em um domingo.
It’s a Magnolia Challenge (IMC). Quinzenal. Sempre em uma terça-feira.
Premier Forum Magnolia France Officiel. Mensal.
Link: http://blogshabby.canalblog.com/ [Só shabby e vintage]

Christmas Magnolia Challenge: Quinzenal. Sempre em uma segunda-feira.
1.  Lovely Hanglar or Sweet Magnolia Challenge. Quinzenal. Sempre em um domingo.
2. Magnolia-licious Highlites. Mensal. Sempre no primeiro dia do mês.
Magnolia Mania Challenge. Quinzenal. Sempre no dia 1º e 15º dia de cada mês.
Simply Magnolia. Quinzenal. Sempre em um domingo.
The Dutch Magnolia Chickies Challenge. Quinzenal. 
Totally Tilda Challenge. Semanal. Sempre aos domingos.
Tilda’s Town Challenge: Semanal. Toda sexta-feira.
Mideweek Magnolias Challenge. Semanal. Toda quarta-feira.
Stamp and creat with Magnolia [Magnolia challenge for al season]. Quinzenal. Sempre em uma sexta-feira.
Magnolia Haaste [Finlândia]. Semanal. Sempre aos domingos.
Magnolia Stamp Lovers. Semanal. Sempre aos domingos.
Time for a Magnolia Challenge. Quinzenal. Sempre em um sábado.
You, Me and Magnolia Challenge. Quinzenal. Sempre em uma terça-feira.
Magnoliowe Polki [Polônia]. Eventuais desafios mensais.
 
Estão desativados atualmente:
Just Magnolia & Hanglar
Nederlands Magnolia Challenge
Old Magnolia Challenge [http://old-magnolia-challenge.blogspot.com.br]
TOMIC [The Official Magnolia Internacional Challenge]



Lena, nós do time Addicted to Cards agradecemos sua participação e carinho. Adoramos te conhecer melhor e compartilhar com os nossos membros um pouquinho sobre você e sobre suas atuações no universo Magnolia. Obrigada pelas dicas e pelo maravilhoso diretório.

Meninas, espero que tenham gostado da entrevista e das informações preciosas da Lena Maia. Vemos vocês no desafio do Dia das Mães com Taty Vanessa.



11 comentários:

Nada Fubanga disse...

Muito legal! Adoro saber como é o primeiro amor com as Maggies! Concordo com a Lena tem que se desafiar sempre!
bjkas da Paty

Ju Budant disse...

Adorei o post,já vou copiar os links dos desafios! Bjs

Wlla disse...

Adorei saber como essa paixão começou na sua vida, Lena.Sou fã do seu trabalho.Estou sempre observando o que faz,assim com de outras talentosas e apaixonadas por Magnolias.Aprendo muuuito com vcs,obrigada e parabéns!

Nádia Silva disse...

Arrasou Lena, muito bom mesmo!!!Obrigada pela lembrança e por dividir conosco seus lindos trabalhos. Bjks

Renata disse...

Adorei a entrevista Lena.Muito oobrigada.Bjs

Marcelle disse...

Adorei saber um pouquinho da Lena.
Mundinho interessante este da bloglandia!

Edilza Teixeira disse...

Oi meninas!!!

Amei ler a entrevista da Lena!!! Amo o trabalho dela e a admiro muito. Parabéns !!!

Beijos

ANNA TORCHIA disse...

Ótima entrevista....bjsss

Adri Munhoz disse...

Meninas, obrigada pela oportunidade de conhecer um pouquinho mais sobre a Lena: acompanho o belíssimo trabalho dela e ele sempre nos inspira! Bjs

Lena disse...

Meninas, super obrigada pelo carinho. Adorei a oportunidade. Obrigada por isso Babi e Taty. Bjss

papelcomluxo disse...

Parabéns a vcs por nos dar oportunidade de saber um pouco da história de Lena, por quem tenho muito carinho, desde que me recebeu no Creative Scrappers, e me presenteou com mimos lindíssimos" feitos por ela em uma brincadeira no site.
Beijão Lena! pena que não consigo pintar carimbos... ficam muito feios!